Embalagem

Proteja sua mercadoria corretamente seguindo algumas dicas de quem entende de transporte!

  • O volume deve estar acondicionado em caixa ou recipiente resistente, protegido e lacrado;
  • O volume deve estar identificado para que seja devidamente entregue ao seu destino, facilitando sua rastreabilidade e localização, portanto deve conter nome do remetente, nome do destinatário, número da nota fiscal e caso haja fragilidade;
  • Utilize materiais para amortecimento no interior da embalagem, como espuma, plástico bolha, papéis e/ou jornal amassado para imobilizar o produto;
  • Para mercadorias frágeis utilize materiais de proteção externa como cantoneiras, plástico filme, reforços, a fim de manter a integridade do volume.

*A transportadora não se responsabiliza por eventuais danos á carga caso esta possua embalagem inadequada.

Mercadorias incompatíveis (inaceitáveis):

  • Alto risco de avarias;
  • Que não possuam identificação;
  • Que ofereçam alto risco de avarias á outras mercadorias;
  • Metragem: volumes que não permitam sua movimentação manual.

mercadorias frágeis e especiais que não transportamos:

  • Louças, porcelanas, vidros, cristais, objetos de arte;
  • Arma de fogo, munição, explosivo, cartões de instituições financeiras, cédulas;
  • Cigarros;
  • Cargas radioativas;
  • Cargas nucleares;
  • Minério;

Mercadorias que não transportamos:

  • Combustíveis;
  • Móveis e mudanças;
  • Produtos alimentícios;
  • Plantas;
  • Animais.

Ct-e Conhecimento de transporte eletrônico

Ajuste SINIEF 09/2007
De 25 de outubro de 2007, institui o Conhecimento de Transporte Eletrônico e o Documento Auxiliar do Conhecimento de Transporte Eletrônico. Para maiores informações consulte http://www.cte.fazenda.gov.br

Armazenagem e transporte refrigerado